SOBRE OS EVENTOS



Os eventos acontecerão simultaneamente na Universidade do Vale do Paraíba, visando estimular alunos do ensino médio, de graduação e da pós-graduação de todo o País a divulgarem seus trabalhos, sendo eles:


Em 23 de outubro de 1997, o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Universidade do Vale do Paraíba anunciava o início das atividades do primeiro Encontro Latino-Americano de Iniciação Científica, INIC. Nesta época, os resumos eram predominantemente dos nossos alunos. Entretanto, vinte anos depois o INIC passou a ser uma conjunção de eventos, recebendo 1497 artigos, de 137 instituições de ensino de 21 estados. Em 23 de outubro de 2020, os eventos tiveram a primeira versão virtual, coincidindo com o dia de celebração do primeiro evento, devido ao distanciamento social recomendado pela Organização Mundial da Saúde face a Pandemia do Coronavírus, modificando drasticamente a forma de interação entre as pessoas.

Neste contexto, o INIC é evento mais tradicional da UNIVAP, que ocorre há 24 anos, e está em sua 25ª edição. Desde o início, esse evento é direcionado aos alunos de graduação, que desenvolvam pesquisa de Iniciação Científica, ou que tenham desenvolvido projetos em disciplinas. Os resultados destas pesquisas possuem, no INIC, um espaço para serem divulgados e publicados, na forma de artigos completos.

É importante ressaltar que a cada edição, temos nos esforçado para aperfeiçoar no atendimento e acolhimento aos participantes, seja nas edições presenciais, em que recebemos inúmeras caravanas de universidades de diversas regiões do país, seja no novo formato on-line, que exigiu da organização grande esforço para manter a regularidade e qualidade do evento. Esperemos que em 2022 possamos retornar as nossas atividades presenciais.


O INIC Jr, ou INIC Técnico, é voltado aos alunos do Ensino Médio/Técnico, para que possam divulgar à comunidade os resultados de iniciação científica em projetos desenvolvidos ao longo de sua formação. O evento possibilita aos estudantes e jovens pesquisadores, mergulharem no universo da pesquisa científica acadêmica, despertando muitas vezes o interesse pela Graduação em diversas áreas do conhecimento. Por ter um caráter inter e multidisciplinar, devido a riqueza dos trabalhos apresentados, promove uma ampla difusão do conhecimento. Ademais, permite aos alunos desta categoria compartilhar com todos aqueles que participam, inclusive a comunidade interna e externa em geral e familiares, os saberes adquiridos durante a formação.


A Universidade do Vale do Paraíba, com participação da Faculdade de Educação e Artes (FEA), teve aprovado o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O primeiro ano do programa FEA foi em 2010, sendo renovado em 2013 e 2018, para as áreas de Artes Visuais, Ciências Biológicas, Educação Física, História e Pedagogia. Em 2018, a faculdade também aprovou também o Programa Residência Pedagógica, PRP. Ambos os programas foram desenvolvidos em escolas públicas estaduais e municipais, localizadas no município de São José dos Campos. A dedicação dos coordenadores e direção da faculdade é reconhecida, pois os programas são tradição em nossa instituição.

Desta forma, o Encontro de Iniciação à Docência (INID) divulga os resultados das atividades desenvolvidas, para socializar as informações obtidas em diferentes projetos e também avaliar e discutir a importância dos projetos na formação dos licenciandos. O Encontro de Iniciação à Docência, INID, tem o objetivo de reunir professores, supervisores, preceptores, discentes e interessados na temática sobre a Educação Básica.

A participação, interação e discussão dos temas dos projetos, pertencentes aos Programas: PIBID e PRP, entre diferentes Instituições de Ensino Superior, que participam do evento, possibilitam aos participantes importantes reflexões sobre a educação básica e, assim, contribui com conhecimentos pertinentes sobre a identidade e trajetória dos projetos. Bem como sinalizando para os avanços da educação e da formação de professores no País.


O Encontro Latino-Americano de Pós-Graduação veio preencher uma lacuna na divulgação das pesquisas realizadas a nível de pós-graduação lato e stricto sensu. O EPG, seguindo a mesma linha do INIC, busca a continuidade da divulgação científica, quando é importante ressaltar que parte dos congressistas já apresentaram trabalhos no INIC.

Em sua 21ª. Edição, o EPG traz a oportunidade para que estudantes e profissionais compartilhem suas experiências em atendimento às demandas de setores públicos, empresas e organizações do terceiro setor, como também aos jovens pesquisadores a divulgarem suas investigações científicas com a comunidade acadêmica, propiciando uma reflexão de seus resultados com pesquisadores/avaliadores do evento.


A Extensão Universitária vem ganhando espaço na realidade das Universidades, devido as novas Diretrizes para a Extensão na Educação Superior Brasileira, abrangendo inclusões no Plano de Desenvolvimento Institucional de Instituições de Ensino Superior, dentre outros documentos normativos. A resolução nº 7, de 18 de dezembro de 2018 lança um desafio às Instituições de Ensino Superior ao estabelecer as normas para a Curricularização da Extensão em todas as áreas, em especial, as de comunicação, cultura, direitos humanos e justiça, educação, meio ambiente, saúde, tecnologia e produção, e trabalho, em consonância com as políticas ligadas às diretrizes para a educação ambiental, educação étnico racial, educação indígena e direitos humanos.

A Univap compreende a Extensão Universitária como um instrumento de conexão bilateral universidade-comunidade, buscando a integração e difusão de saberes, a união de esforços no processo de transformação de todos os envolvidos (estudante, universidade e comunidade), a constituição de um mecanismo de retroalimentação para reflexão e reposicionamento das ações no âmbito da universidade e, principalmente, a formação cidadã dos discentes em ambientes autênticos e complexos em que atuarão profissionalmente.

Ressaltando a importância desse diálogo entre universidade e comunidade, a Universidade do Vale do Paraíba celebra o primeiro Encontro de Extensão Universitária - ENEXUN. Neste evento, o aluno é o agente transformador, sendo seu principal objetivo compartilhar conhecimentos e experiências extensionistas, que foram desenvolvidas na forma de programas, projetos, cursos, eventos, prestação de serviços e outros produtos acadêmicos voltados à comunidade, vinculados à graduação e pós-graduação, e realizadas por estudantes, docentes e pesquisadores, trazendo as dimensões da interdisciplinaridade, interação dialógica, e transformação social.


O Congresso de Pesquisa Aplicada e Tecnologia, CONPAT, organizado pelo Programa Profissional de Pós-graduação em Processamento de Materiais da Univap visa divulgar trabalhos técnicos e tecnológicos inéditos desenvolvidos junto ao setor produtivo nacional e internacional. O evento também visa promover debates importantes para fomentar à pesquisa e desenvolvimento em parceria com a indústria. Os trabalhos apresentados são convidados a serem publicados na Sessão Técnica/Tecnológica Pesquisa Aplicada da Revista Univap. Para a submissão dos trabalhos não há necessidade de vínculo com Instituição de Ensino Superior.